Sete. Sete é o número da perfeição. Acaso ou coincidência, não importa, depois de sete anos de reuniões, planejamento, muita vontade e, principalmente, necessidade, nasce o portal do COMFAG, que tem a missão de não ser apenas mais um portal de notícias, mas uma experiência de integração e conexão entre os cursos de comunicação do Centro Universitário FAG. Desde 2014, já se levantava a questão de se ter uma plataforma única que integrasse os cursos de comunicação e que pudesse ser também um canal para divulgar os trabalhos acadêmicos, hospedar portfólios, e dar mais visibilidade ao que se faz dentro do ambiente acadêmico. O lançamento do site tem sido motivo de comemoração entre os principais envolvidos projeto.  “Eu acredito que todos os seis cursos de comunicação do Centro FAG vão ganhar muito com o portal, até porque vamos dar muito mais visibilidade e atestar a garantia de que aquilo que fazemos é compromissado e de uma qualidade ímpar. Agora teremos um canal único para integrar todos esses cursos e nos tornarmos uma grande família COMFAG”, comemora o coordenador dos cursos de Publicidade e Propaganda, Téc. em Design Gráfico e Téc. Comunicação Digital e Hipermídia, Prof. Dr. Alex Carmo.

Para a professora e coordenadora do projeto, Julliane Brita, a ideia do portal COMFAG é uma experiência de integração não somente entre os cursos relacionados, mas também entre o meio acadêmico e o mercado de trabalho. “Desde o início das discussões sobre este projeto, sempre considerei que as coisas deveriam se juntar porque o mercado de trabalho exige essa integração, além da necessidade de mostrar ao aluno que existem mais opções correlacionadas, evitando a frustração e a desistência”. De acordo com Brita, é muito comum que jovens entre 17 e 18 anos ainda não saibam ao certo qual rumo escolher profissionalmente. “Muitas vezes o jovem acha que quer se publicitário, mas na verdade ela gosta de fotografia ou de cinema, e no final acaba se formando em jornalismo, ou vice-versa”, complementa.

A sensação de dever cumprido e sonho realizado é unanime entre os coordenadores e docentes, além do sentimento de utilidade e longevidade do portal. “O COMFAG é um sonho que existe há anos e surgiu mesmo antes da integração dos Cursos de Comunicação do Centro FAG. Sabemos da importância das redes sociais e como estas ferramentas auxiliam na produção e divulgação dos materiais desenvolvidos por nossos acadêmicos. Porém, agora temos uma verdadeira casa onde todos os projetos, notícias e produções dos seis cursos ficam registradas, condensadas numa única plataforma. Todos ganham com isso”, finaliza o coordenador dos cursos de Jornalismo, Téc. em Fotografia e Téc. em Produção Audiovisual, Ralph Willians de Camargo.

COMFAG: A escolha do nome

Em 2018, quando começaram os preparativos para que a FAG sediasse o INTERCOM SUL, os coordenadores Ralph Willians e Laila Rotter Schmidt (na época) entenderam a necessidade de se criar um núcleo dos cursos de comunicação, que fortaleceria a divulgação, o envolvimento dos acadêmicos e valorizaria o seminário de práticas que sempre foi integrado.

Alguns meses antes do INTERCOM, a Agecin começou a se envolver na pré-cobertura do evento, sob a coordenação da jornalista e professora Julliane Brita, e do publicitário Jefferson Richetti, então professor dos cursos de publicidade e design. “Depois que decidimos criar um núcleo de comunicação, era muito importante que este núcleo fosse lançado antes do evento para atuar na cobertura e fortalecer o nome deste grupo, mas o detalhe: qual nome?”, lembra a jornalista.

Depois de muito brainstorming e muitas pessoas envolvidas, surgiu mais do que um nome, um conceito que representaria tanto o núcleo como o portal. A alcunha veio do professor Evandro Luís dos Reis, hoje coordenador do curso de Publicidade e Propaganda da FAG Toledo, que condensou toda a ideia e batizou de COMFAG. “Nós achamos muito bom, abrangente, passava uma ideia rápida e bastante direta, o que é superpositivo. Aí começamos todo o trabalho pelas redes sociais, Instagram e Facebook”, descreve a professora.

Desde 2018, o COMFAG está nas redes sociais e vem trabalhando nelas individualmente. Porém, segundo Julliane, a ideia sempre foi fazer um portal que integrasse todas as ações desenvolvidas pelos cursos. “Nós queríamos um portal que pudesse servir de portfólio aos alunos e que fosse também um canal para mostrar toda a diversidade da comunicação para o estudante que chega interessado em cursar qualquer uma das áreas, e para que ele veja, inclusive, a possibilidade de continuar”, finaliza Brita.

 

 

ComFAG

You may also like

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *